Serviços digitais facilitam a vida dos servidores na Administração Pública Federal

BSPF          01/01/2021

Novas funcionalidades evitaram a exposição dos servidores à
Covid-19 e ampliaram a digitalização na gestão de pessoas

A transformação digital conduzida pela Secretaria Especial de
Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SEDGG) do Ministério da Economia
(ME) alcançou também os serviços disponibilizados para servidores públicos
federais em 2020. “Estamos fazendo essa transformação tanto em serviços para o
público em geral, como também em estruturas e sistemas governamentais. Queremos
que o servidor também tenha essa experiência digital cada vez mais presente no
seu dia-a-dia quando for solicitar qualquer serviço”, afirma o secretário
especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da
Economia, Caio Mario Paes de Andrade. 

 A digitalização de
serviços específicos para o funcionalismo avançou, especialmente nos últimos
dois anos. Os cerca de 1,2 milhão de servidores – entre ativos, aposentados e pensionistas
– passaram a ter acesso a vários serviços de forma mais prática e ágil, sem
necessidade de deslocamento. 

“Sem sair de casa ou do trabalho, o servidor já pode
resolver boa parte da sua vida funcional pela internet e no aplicativo de
celular. Isso não só otimiza o tempo e os recursos das Unidades de Gestão de
Pessoas, que não precisam fazer o atendimento presencial, como também
simplifica a vida do servidor, que têm à sua disposição o autosserviço”, diz o
secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do ME, Wagner Lenhart.  

Entre os autosserviços disponibilizados em formato digital
para o funcionalismo federal, estão o envio do atestado de saúde, as
atualizações cadastrais e a prova de vida para aposentados e pensionistas. 

Atestado Web 

 Desde que foi
lançado, em setembro deste ano, até o último dia 15 de dezembro, o Atestado Web
já recebeu 1.796 atestados, por meio do aplicativo Sigepe mobile e do Sigepe
web. 

 Nesta primeira fase,
somente as unidades de saúde do Ministério da Saúde em Brasília, da
Universidade de Brasília e do Instituto Federal de São Paulo terão acesso à
solução. Esses órgãos estão atuando como Unidades Pilotos do Atestado Web e
fazendo a análise do documento e o registro pelo Sigepe mobile e na internet.
Em breve, o sistema estará disponível para outros órgãos. 

Prova de Vida Digital 

No final de novembro, o governo federal lançou o projeto
piloto da Prova de Vida Digital para 20 mil aposentados, pensionistas e
anistiados, atendidos pelo Departamento de Centralização de Serviços de
Inativos, Pensionistas e Órgãos Extintos (Decipex) do Ministério da Economia. 

 A Prova de Vida
Digital pode ser realizada em qualquer hora e lugar, utilizando-se em conjunto
os aplicativos Sigepe mobile e o site Meu gov.br. Mas o beneficiário precisa
ter a biometria (identificação digital) cadastrada no Tribunal Superior
Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).  

 Nesse piloto os
participantes podem também acompanhar a situação da Prova de Vida pelo
aplicativo Sigepe mobile, obter o comprovante da sua realização, independente
do canal que tenha utilizado, e receber notificações para lembrar o momento em
que deverá realizar esta ação. Para saber mais, clique aqui 

Atualização pelo aplicativo 

 A funcionalidade de
atualização cadastral disponibilizada no aplicativo Sigepe mobile aos
servidores públicos federais ativos e aposentados, em abril de 2019, e aos
pensionistas, em novembro de 2020, já ultrapassou a marca de um milhão de dados
atualizados neste mês de dezembro. 

O aplicativo permite aos servidores ativos, aposentados e
pensionistas de qualquer órgão ou entidade da Administração Pública Federal,
que hoje representa um público de 1,2 milhão de pessoas, consultarem os seus
dados pessoais, funcionais e financeiros e realizar atualizações cadastrais por
meio do celular, a qualquer hora e em qualquer lugar. O objetivo é simplificar
e agilizar os processos, bem como modernizar a forma de oferecer os serviços
públicos. 

“Quanto mais os servidores realizarem atualizações
cadastrais, mais qualificadas são as informações que estão na base de dados dos
Sistemas de Gestão de Pessoas da Administração Pública Federal. Essas
atualizações periódicas das informações permitem melhor tomada de decisão e
implementação de novas políticas públicas”, ressalta o secretário de Gestão e
Desempenho de Pessoal do ME. 

A última versão do aplicativo (1.21.0), que oferece o
serviço também para pensionistas, pode ser instalada no celular por meio das
lojas App Store (sistema iOS) e Play Store (sistema Android). 

 Novidades para 2021 

 O governo federal
deve lançar um projeto de transformação digital de gestão de pessoas ainda
maior em 2021. “Queremos prover acesso único e digital aos serviços,
simplificar, padronizar e automatizar os processos internos de gestão de
pessoas, para que servidores e gestores tenham acesso fácil e desburocratizado
a informações, direitos e benefícios decorrentes da sua relação de trabalho com
a administração pública federal”, adianta Lenhart. 

 Atualmente, o Sigepe
possui cerca de 1,2 milhão de usuários. Para 2021 estão previstas novas
funcionalidades e o lançamento de um novo aplicativo exclusivo para os
servidores públicos federais ativos, aposentados e pensionistas que reunirá
todos os serviços num mesmo lugar.

Fonte: Ministério da Economia

Share This

Escrever um comentário