Secretário de privatização de Bolsonaro diz que não quer mais discutir com funcionários dos Correios

Basta O secretário de desestatização de Bolsonaro, Salim Mattar, decidiu que não vai mais falar sobre o bate-boca de rede social com os empregados dos Correios. A discussão foi levantada na sexta (7), quando ele publicou um vídeo na internet dizendo que os trabalhadores estão tentando tolher seu direito de se expressar porque recebeu uma interpelação judicial da Adcap, associação dos profissionais, pedindo que ele pare de fazer comentários que subjugam os funcionários.
Leia mais (08/10/2020 – 23h31)

Escrever um comentário