Se o Congresso interditar reformas, tenho que ir embora, diz Guedes

O ministro Paulo Guedes (Economia) disse nesta quinta-feira (16) que pretende ficar no cargo até o fim do governo, mas, caso o Congresso passe a barrar as reformas pretendidas, ele deixaria o posto.
Leia mais (07/16/2020 – 21h08)

Escrever um comentário