Redução de ganhos de servidores e políticos criaria caixa bilionário, mas por ora só há ações isoladas

O estado de calamidade aprovado em decorrência da pandemia do novo coronavírus levou o governo Jair Bolsonaro (sem partido) e editar uma medida provisória permitindo a redução provisória de até 70% do salário e da jornada de trabalhadores da iniciativa privada, mas, até o momento, não há movimentação na cúpula dos três Poderes e do Ministério Público para replicar a medida no funcionalismo.
Leia mais (04/11/2020 – 11h52)

Escrever um comentário