PT tem mais comissionados no governo Bolsonaro do que o Centrão

Metrópoles          03/05/2020
Nem direita, nem Centrão: PT tem mais comissionados no governo Bolsonaro
Das 10 siglas com mais representação no Executivo, três são de esquerda, duas de centro-direita, uma de extrema direita e quatro do Centrão
Após 14 anos de poder, o PT saiu da Presidência da República, que foi ocupada por Jair Bolsonaro (sem partido), alinhado à ala mais extrema da direita brasileira. Entretanto, o partido da esquerda não deixou completamente o Executivo. Levantamento do Metrópoles mostra que, entre os comissionados do Estado e os servidores, a sigla petista predomina entre os filiados políticos em serviço do governo federal.
A legenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, principal antagonista de Bolsonaro, reúne ao menos 528 comissionados na Esplanada dos Ministérios, o que equivale a 12,37% do total de funcionários da mesma categoria. Os números podem ser ainda maiores.
Isso porque o (M)Dados, núcleo de análise de grande volume de informações do Metrópoles, mapeou todos os membros de partidos políticos do país e o quadro de servidores. Foram excluídos, contudo, casos de homônimos. Por isso, o cruzamento indica o número mínimo de filiados no Executivo.

Os números de filiados estão bem divididos entre 32 partidos políticos. Entre as primeiras 10 siglas, três são de esquerda, duas de centro-direita, uma da extrema direita e quatro do Centrão.
No universo de comissionados, a reportagem incluiu tanto aqueles funcionários com funções ou cargos de…

Escrever um comentário