Para voltar ao trabalho presencial, servidor do FNDE terá que pagar teste de Covid-19

Metrópoles     –     15/08/2020

A proposta é fruto de um acordo da gestão da autarquia com a associação de saúde dos funcionários. Sindicato anuncia “greve sanitária”

Um comunicado distribuído a funcionários do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), uma autarquia ligada ao Ministério da Educação (MEC), causou espanto entre os servidores da instituição nessa sexta-feira (14/08). A mensagem informa que o órgão pretende retornar ao trabalho presencial no próximo dia 9 de setembro e recomenda que todos os servidores, que hoje estão trabalhando de casa e que passarão a frequentar diariamente a sede do fundo, façam o teste de Covid-19.

Detalhe: o órgão informa que o custo do teste terá que ser bancado pelo próprio funcionário e anuncia um acordo feito entre a Associação dos Servidores do FNDE (ASFNDE) e a administração da instituicão.

A notícia deixou os servidores indignados. Além da notícia de que eles terão que pagar pelos testes, a administração do FNDE enviou uma tabela de preços com os endereços e telefones de laboratórios e regras para que cada servidor agende seu exame.

“O FNDE preparou um plano de trabalho para que servidores, colaboradores e estagiários, possam retornar de forma gradual e segura ao ambiente de trabalho a partir do dia…

Leia a íntegra em Para voltar ao trabalho presencial, servidor do FNDE terá que pagar teste de Covid-19

Escrever um comentário