MP apura se servidores saíram candidatos só para ganhar 3 meses de folga remunerada

Gazeta do Povo    
–     07/12/2020

Nas eleições deste ano, 3.171 servidores públicos que atuam
no Paraná, entre federais, estaduais e municipais, saíram candidatos. Um grupo
de pelo menos 80 deles está na mira de investigações do Ministério Público
estadual (MPPR) por haver indícios de candidaturas fictícias, ou seja, lançadas
apenas para tirar proveito da legislação e ganhar folga remunerada de três
meses. 

O objeto da apuração veio do cruzamento de dados públicos
disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral e pelo Tribunal Regional
Eleitoral do Paraná. 

A legislação eleitoral prevê que os funcionários públicos
que se candidatam a um cargo eletivo devem se desincompatibilizar de suas
funções. Durante o período – em média três meses –, ele mantêm o direito ao
recebimento dos salários. No entanto, caso os servidores não…

Leia mais em MP apura se servidores saíram candidatos só para ganhar 3 meses de folga remunerada

Share This

Escrever um comentário