Magazine Luiza adia adesão ao Pix para evitar instabilidade em plataforma digital

Festejada pelos investidores por sua ambiciosa estratégia de transformação digital, a varejista Magazine Luíza se afastou da corrida deflagrada pelo lançamento do Pix, o sistema de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central. A companhia participou do processo para habilitação da primeira leva de participantes, mas o deixou antes da conclusão dos testes realizados pelo BC. Empresas que ainda não aderiram ao Pix terão nova chance a partir de dezembro.
Leia mais (11/26/2020 – 23h31)

Escrever um comentário