Governo não prevê reajustes para servidores públicos em 2021

G1          16/04/2020  




Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias foi enviado nesta quarta (15) ao Congresso. Ministério da Economia informou que texto também não prevê novos concursos públicos.
Brasília – O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021, enviado nesta quarta-feira (15) pelo governo ao Congresso Nacional, não prevê reajustes para servidores públicos no próximo ano.
O PLDO foi apresentado pelo Ministério da Economia e, segundo o secretário de Orçamento Federal, George Soares, o texto prevê somente a transformação de cargos e de funções, sem alterações na remuneração.
“A única coisa que a LDO traz é a possibilidade de transformação de cargos e funções. Ou seja, trocar algum cargo por outro de mesmo valor, ou dois de um valor menor por um valor maior. Não estão previstas por enquanto nenhum aumento”, declarou o secretário.
Neste ano, o governo autorizou reajustes somente para os militares, em razão do processo de reestruturação das carreiras.
Ainda de acordo com George Soares, o projeto também não prevê novos concursos públicos no ano que vem (leia detalhes mais abaixo).
Segundo ele, o tema só será tratado na proposta de orçamento, que será encaminhada ao Poder Legislativo até o fim do mês de agosto.
Aumento de gastos
Mesmo sem reajustes previstos para os servidores em 2021, o projeto da LDO prevê aumento dos gastos nos próximos anos.
Pela proposta, os gastos com servidores públicos (que englobam pagamentos de aposentadorias e pensões) devem passar de…

Escrever um comentário