Governo do DF vai ao Supremo por teletrabalho a servidores federais

R7 Notícias          24/03/2020
Pedido em caráter de urgência exclui funcionários considerados essenciais, que atuam diretamente no combate à covid-19
O governo do Distrito Federal entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira (23) para tentar obrigar a União a estender o trabalho remoto a todos os servidores públicos federais que atuam na capital do País. O documento exclui os funcionários considerados essenciais, que atuam diretamente no combate à covid-19.
No texto, a Procuradoria-Geral do DF pede caráter de urgência e afirma que há “grave e atual risco social e dano iminente a toda população de Brasília” devido ao avanço do novo coronavírus. A ação inclui servidores públicos federais e empregados da administração pública direta, indireta, autárquica, fundacional, empresas públicas e sociedades de economia mista, incluindo o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.
“Por fim, cumpre afirmar, a partir de experiências vivenciadas por outras nações, não restam dúvidas de que somente com medidas de restrição do trânsito de pessoas nos logradouros e edificações do Distrito Federal, o chamado isolamento social, será possível minimizar os efeitos da pandemia e…

Escrever um comentário