Governo deve ter déficit expressivo de abril a junho com efeitos do coronavírus, diz secretário do Tesouro

O governo deve registrar um déficit expressivo nas contas públicas de abril a junho devido aos efeitos do coronavírus. O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, prevê que os rombos devem começar a diminuir somente a partir de julho.
Leia mais (04/29/2020 – 13h29)

Escrever um comentário