Empresários ligados a Bolsonaro não veem turbulência em resistência de Trump

Empresários mais alinhados ao governo Bolsonaro viram a recusa de Donald Trump em reconhecer a vitória de Joe Biden como algo, até agora, natural e sem efeito econômico negativo. Flávio Rocha, da Riachuelo, diz que a contestação do resultado é um direito que Trump tem se possuir alguma evidência de fraude. Para o empresário, o republicano cometeu um equívoco. “O grande erro estratégico dele foi ter desestimulado seus eleitores a votarem pelo correio”, diz Rocha.
Leia mais (11/09/2020 – 23h30)

Escrever um comentário