Dona da FMU enfrenta a Ser Educacional na Justiça por ter aceitado oferta de concorrente

A disputa pela rede de universidades Laureate pode estar longe de chegar ao fim. Apesar do grupo que opera Anhembi Morumbi e FMU ter escolhido a proposta de fusão da Ânima Educação, a primeira proponente, Ser Educacional, entrou na Justiça contra a operação, impossibilitando a assinatura do contrato entre as duas.

A Laureate Brasil é a maior operação da americana Laureate International Universities, que tem instituições em outros sete países -listada na Bolsa de tecnologia Nasdaq, a holding da companhia vale US$ 2,9 bilhões (R$ 16,3 bilhões). Ela também despertou o interesse da Yduqs -dona da Estácio de Sá e segundo maior grupo educacional do Brasil, atrás da Cogna (ex-Kroton) e da Cruzeiro do Sul.
Leia mais (10/21/2020 – 21h47)

Escrever um comentário