Deixar peru para última hora pode dar problema no Natal, diz presidente da BRF

No Natal deste ano de pandemia, a indústria estima que as vendas de peru e chester serão mais altas porque as celebrações devem ser pulverizadas em reuniões menores, com poucos convidados. Diante do cenário ainda desconhecido, Lorival Luz, presidente da BRF, dona da Sadia e da Perdigão, faz um alerta sobre a logística. “Se todo mundo resolver comprar no dia 24, o supermercado vai ter estoque, mas vai querer mais. E não vai dar tempo de deslocar toda a cadeia”, diz.
Leia mais (11/13/2020 – 23h31)

Escrever um comentário