Coronavírus se espalha pelos órgãos públicos. Agora, chegou na Aneel

BSPF          19/03/2020
A disseminação do novo coronavírus pelos órgãos públicos está se dando de forma muito rápida. O caso mais recente foi notificado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O superintendente da agência André Ruelli testou positivo para a Covid-19. Ele esteve em São Paulo entre 10 e 13 de março em viagem institucional. 
Segundo técnicos do Ministério da Saúde, essa contaminação está só no começo. Já foram notificados casos no Palácio do Planalto e nos ministérios de Minas e Energia, da Economia, das Relações Exteriores. Também foram constatadas contaminações no Senado — os senadores Davi Alcolumbre, presidente da Casa, e Nelsinho Tradd —, na Câmara e na Caixa Econômica Federal. 
Não à toa, a apreensão é grande entre os servidores. Mesmo com todas as precauções que vêm sendo tomadas, como higiene das mãos, dos banheiros, de todas as repartições, acredita-se que o número de infectados pelo coronavírus é grande. Nas próximas duas semanas, muitos casos serão relatados. 
Prevenção 
O governo acredita que ainda é possível conter a disseminação da Covid-19 pelos órgãos públicos, pois se apressou em colocar em quarentena todas as pessoas que viajaram para o exterior. Mas o problema é que já está havendo contaminações comunitárias e por meio de pessoas que viajaram pelo país, como é o caso do superintendente da Aneel. 
A recomendação do governo é para que, ao menor sinal de contaminação pelo coronavírus, os servidores avisem os órgãos nos quais estão lotados e se imponham um isolamento de 14 dias. Nos casos mais graves, é preciso procurar os hospitais.
Fonte: Blog do Vicente

Escrever um comentário