Câmara dispensa de falta deputados e servidores idosos e gestantes

Congresso em Foco          14/03/2020
A Câmara dos Deputados emitiu um ato da mesa, nesta sexta-feira (13), adotando medidas administrativas para prevenir à propagação do coronavírus. A partir de hoje, parlamentares e servidores acima de 60 anos, “às gestantes, bem como aos que tenham realizado recentes intervenções cirúrgicas, estejam realizando tratamento de saúde que cause diminuição da imunidade, transplantados e doentes crônicos, independentemente da faixa etária”, estão isentos de qualquer tipo de sanções administrativa por falta. No momento, a Câmara conta com 95 deputados com mais de 60 anos, mas, contando suplentes e licenciados, o número chega a 139 congressistas.
Outra medida que será tomada é a suspensão do registro eletrônico de todos os servidores, pois, segundo a argumentação que consta no ato, o “coletor biométrico pode ser potencial transmissor do vírus”.
Os eventos e audiências na Câmara também foram suspensos, exceto aqueles para os quais a mesa diretora emita uma autorização especial.
Para os gabinetes receberem convidados, precisarão de uma autorização da Primeira-Secretaria da Casa, caso contrário, todas visitas estão suspensas.
As reuniões das comissões funcionarão somente com a presença dos congressistas e se seus assessores diretos.
O ato relembra que “conforme amplamente divulgado pelo Ministério da Saúde, haverá inevitavelmente um crescimento exponencial de casos do vírus no país nas próximas semanas”.
Veja as novas restrições na…



Escrever um comentário