Bolsonaro e Centrão: os cargos já negociados pelo presidente

Terra          22/05/2020

Antes chamado de ‘velha política’ por Bolsonaro, três partidos do Centrão já indicaram aliados para ocupar cargos no governo federal

Até o momento, três partidos do Centrão já indicaram aliados para assumir cargos no governo Jair Bolsonaro. Conforme mostrou o Estadão, na mesa de negociações está o controle de órgãos cujo orçamento total soma R$ 78,1 bilhões neste ano.

O movimento faz parte de uma tentativa do presidente de fortalecer sua base de apoio no Congresso Nacional e se blindar de um eventual processo de impeachment. Bolsonaro já chamou as práticas do Centrão de “velha política”, mas recorreu ao “toma lá, dá cá” diante da escalada da crise política, acentuada pelas investigações que apuram as denúncias de tentativa de interferência na Polícia Federal feitas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Progressistas, Republicanos e PL já assumiram postos no governo federal. Segundo líderes do Centrão, mais nomeações são aguardadas para os próximos dias. Ao menos nove órgãos, departamentos e empresas públicas surgem nas conversas de integrantes do grupo, que também é formado por Solidariedade, PSD e PTB. Na mira estão órgãos estratégicos, como o…

Leia a íntegra em Bolsonaro e Centrão: os cargos já negociados pelo presidente

Escrever um comentário