Adesão ao home office definitivo cresce entre escritórios de advocacia

Fique em casa A adesão ao home office definitivo no pós-pandemia deve crescer entre os escritórios de advocacia. Para os que trabalham com equipes pequenas foi mais fácil entregar os espaços físicos, diminuindo os custos de aluguel, mas alguns dos grandes também começam a estudar a mudança ou acelerar planos que já estavam no radar. Cláudio Moretti, sócio do Trench Rossi Watanabe afirma que, na pandemia, a empresa desocupou metade de um andar da unidade de São Paulo.
Leia mais (08/15/2020 – 23h35)

Escrever um comentário